Edemar, que queria ser poeta

Para uma amiga que cria onze gatos.

Duas irmãs solteironas

vivem juntas

com uma gata

que nunca deixam sair.

Uma das irmãs casa

a outra pede-lhe

uma carta

a relatar pormenorizadamente

a noite de núpcias.

A outra manda-lhe

um telegrama:

“Mana, solta a gata”.

Adília Lopes.

Anúncios

2 Responses to Edemar, que queria ser poeta

  1. Neri Perrud disse:

    Meu caro blogueiro,

    Ainda enternecida pela sua homenagem, eu lhe digo que soltei a gata…e hoje já faz dez dias que Mei-Li, negra e arisca, se foi,,,,será que nao volta mais?
    Abraços felinos

  2. Neri Perrud disse:

    Caro blogueiro,

    Mei-Li voltou …mas Dilma disparou…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: