CAMED ontem, CASSI amanhã?

A corda mais uma vez quebrou do lado mais fraco. Os funcionáriosdo BNB vão receber a folha de maio com uma conta adicional salgada para pagar: 30% e 24% a mais nas contribuições dos planos Natural e Família, respectivamente, além do reajuste da taxa de proteção financeira de R$ 10,00 para R$ 22,00 para os dependentes do Plano Família.

Antes de onerar os funcionários, a direção da Camed deveria ser responsabilizada, no mínimo por imprudência, ao deixar a situação agravar-se ao ponto de estrangulamento em que se encontra. Falta de aviso não foi: as entidades dos funcionários cansaram de alertar para o excesso de gastos administrativos da Camed, caracterizado por elevado número de funcionários, colocando a relação funcionário/beneficiário em patamar bem maior que o verificado no mercado.

A gestão executiva da Camed é toda de responsabilidade dos três diretores indicados pelo Banco que, portanto, deveria se responsabilizar pelo desequilíbrio financeiro da Caixa. Atualmente, o Banco contribui paritariamente para o o custeio da Camed, mas o correto é que contribuísse com bem mais, a exemplo do Banco do Brasil que, para cada real dos funcionários, contribui com  50% a mais. Hoje a contribuição em folha do BB para a Cassi é de 4,5%, enquanto o funcionário contribui com 3,0%.

A assistência à saúde é vital para os trabalhadores e a empresa tem que se responsabilizar por isso. Expressa ou tácitamente, faz parte do contrato de trabalho.

Edemar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: